Mochilão pela América do Sul – O Planejamento

O planejamento para o mochilão pela América do Sul foi um pouco complicado, eu precisava associar dois parâmetros essenciais: Lugares que quero passar X dias para viajar. Eu tinha apenas 20 dias de férias, e muitos lugares que queria passar.
Dividí o planejamento em alguns pontos para facilitar.

Que cidades conhecer, e quantos dias:

Comecei a conversar com amigos que já tinham viajado por esses lados, que lugares passaram, como fizeram para ir de um lugar para outro, quanto tempo ficaram em cada lugar, e decidi alguns pontos. Havia gostado bastante da viagem do Nesta, e pensei algo como a viagem dele (Bolívia, Perú, Argentina e Uruguay).
O problema, é que ele havia feito a viagem em 45 dias ,eu teria apenas 20 e não conseguiria fazer isso. Resolvi retirar Argentina e Uruguay(que é relativamente mais facil para ir), e conhecer mais a fundo a Bolívia e Perú. Os lugares que eu passaria seriam os seguintes:

  • Corumbá (MS), fronteira entre Brasil e Bolívia
  • Puerto Quijaro (Bolívia) – Trem da morte
  • Santa Cruz de la Sierra (Bolívia)
  • Sucre (Bolívia)
  • Potosí (Bolívia)
  • Uyuni (Bolívia) – Salar de Uyuni
  • La Paz (Bolívia)
  • Copacabana (Bolívia) – Isla del Sol
  • Puno (Peru)
  • Isla Flotante (Peru)
  • Cuzco (Peru)
  • Machu Picchu (Peru)

Definí quantos dias ficaria em cada cidade, quanto tempo demoraria de uma cidade para outra, o que fazer em cada cidade, e cheguei em 25 dias, 5 a mais do que tinha. Comecei a procurar algum feriado emendado para ser a data fim das férias para ganhar mais uns dias, e achei o feriado de Corpus Christi, que cairia em uma quinta-feira(23/06/2011), com isso, ganhei 3 dias, e conversei em meu trabalho e fiquei devendo 2 dias no banco de horas.
Para quem quiser conferir o cronograma dia a dia: Cronograma – Mochilão America do Sul – Jun/11.


Ver Mochilão America Latina em um mapa maior

Temperatura e o que levar na mala:

Pesquisei um pouco e descobri que não teria muita variação de temperatura durante a viagem (ainda bem, pois seria mais fácil para montar a mala.. #NOT), o ‘único’ problema, é que a temperatura seria sempre baixa, e eu iria passar frio (muito frio em alguns lugares). Junho é uma ótima época para viajar pela Bolívia, é o mês do ano que praticamente não chove, ainda não tem muitos turistas , porém, tem as menores temperaturas. Neste site da para ter uma idéia da temperatura, mas peguei temperaturas bem mais baixas que estas: http://www.colonialvoyage.com/america/pt/sul/bolivia/clima.html

Eu não tinha muitas roupas para frio(muito frio), fui para a Decatlhon, e com a ajuda da minha grande amiga Juliana, larguei uma grana lá, e comprei o que faltava. O que levei foi mais ou menos isso:

  • 3 calças jeans (poderia ter levado 2 que seria ótimo)
  • 1 bermuda tactel (para nadar nas piscinas de água quente)
  • 6 camisetas (4 estaria bom, pois você acaba comprando na viagem)
  • 1 calça e 1 blusa polar forclaz 50 da Quechua(este material é muito bom, pois não ocupa muito espaço e aquece bem)
  • 1 jaqueta arpenaz 500 da Quechua (Para aguentar o vento e o frio)
  • 5 pares de meias curtas
  • 2 pares de meias grandes de lã
  • 10 cuecas(tem lavanderias durante o caminho, não precisa levar uma pra cada dia)
  • 2 cantis de 1.5lt
  • 2 lanternas, uma de bolso e uma maior
  • 1 canivete
  • 1 toalha de alta absorção/
  • 1 kit de primeiros socorros
    • Aspirina
    • Berotec, atrovent e soro (eu tenho bronquite, e esqueci de levar a bombinha, me arrependi amargamente)
    • Band-aid
    • Mentiolate
    • Spray anti-septico
    • Imosec (Caso tivesse alguma diarréia)
    • Pastilhas de cloro para desinfetar a água, caso precise
    • Spray de cataflam
    • hidratante labial (importantíssimo!)
  • 1 chinelo
  • 1 bota Bull Terrier Fox Hunter
  • 1 mochila Crampon 68lt Trilhas e rumos
  • 1 saco de dormir

Levei também um caderninho de bolso para anotações, e um livro recomendadíssimo (Indicação do Nesta) que se chama “Guia Criativo para o Viajante Independente na América do Sul“, me ajudou muito, principalmente para saber o que fazer em cada cidade.

Dinheiro e passagens:

Fazer mochilão pela América do Sul é uma viagem bem barata, além das coisas não custarem muito caro, nossa moeda (R$) vale muito, na Bolívia por exemplo, eu cheguei a pagar 20 bolivianos (sim a moeda deles é conhecida como bolivianos) a diária do hostel com café da manhã, algo equivalente a 5 reais.

Para decidir quanto dinheiro levar, dei uma pesquisada antes no preço de pacotes para o Salar de Uyuni e Macchu Picchu(A trilha de 4 dias), que teoricamente poderiam ser os mais caros.
A pacote da Inca Jungle Trail (que na minha opnião, é mais legal que a trilha inca original), que incluía bike para o primeiro dia (que eram 60km), entrada em Machu Picchu, hospedagem para os 4 dias, comida e guia sairia por US$250.00 e o Salar de Uyuni, 3 dias, com jeep, comida, hospedagem e guia por (Pasmem!) US$100.00!!! Por este preço, aqui no Brasil você mal paga um rafting.

Fiz um pequeno calculo dos dias que ficaria, perguntei para alguns amigos o quanto gastaram, e achei que seria bom levar US$1000.00 (acabei gastando um pouco mais que isso). E comprei a passagem de São Paulo para Corumbá pela viação andorinha, que custou R$190,00 .

Mochila par a viagem para a América do Sul

A imagem esta horrível, mas é a unica que tenho da mala..rs

Enfim, depois de tudo separado, só preparar o psicológico e partir para a viagem!

No próximo post vou falar sobre Corumbá/MS, que acabei ficando um pouco a mais que o planejado, mas valeu muito a pena.

Abraços!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

6 thoughts on “Mochilão pela América do Sul – O Planejamento

  1. Olá Diego! Estou pensando em fazer o mesmo trajeto, só que quero ir até o Chile, será que consigo em 10 dias???? Digo sair de São Paulo, ir até Curumbá, passar por Bolívia, Peru e Chile e depois voltar em, tudo em 10 dias??? Acha que vou gastar quanto aproximadamente?? Mande-me um e-mail para conversarmos melhor…

    Abs!

  2. Fala ae Man, blz?!

    Então, eu acho q é muito pouco tempo para fazer esta viagem viu, a nao ser que você queira só por o pé em cada país e pegar um voo para o outro.

    Eu acho que vale mais a pena você pegar um só pais e explorar ele legal, e deixar o outro para uma outra viagem.

    Mas faz o seguinte, faz o planejamento que quais cidades quer passar, e faz a conta de qto dia ficará em cada uma, ai você verá qto tempo precisará para fazer todo o roteiro.
    Você verá que o tempo não vai dar, ai você vai podando.

    Eu tive que tirar muitas cidades, e a argentina desta viagem devido ao tempo que tinha.

  3. Diego Alex, adorei o seu planejamento de viagem!
    Gostaria muito de saber, os valores, e os lugares mais interessantes.
    Planejo viajar, nao sei por onde começar ahaha.
    Obriigada Se possivel me envie.

  4. gostaria de todas as informacoes,possiveis,para bolivia e chile e peru.uns 20 dias,quanto devo levar,e tem albergue,guias,tudo.por favor

    att.

  5. Achei legal o post … Tenho interesse em fazer um mochilão desse jeito. Qual foi o valor total? como você entrou em contato com os albergues (e através de quem ou do que você ficou sabendo sobre eles?) como foi em relação ao idioma, comidas?

  6. oi tudo, gostaria q me tirasse uma pequena duvida, eu euma maiga estamos pensando em fazer um mochilao pela america latina, mas ainda não sabemos quais lugares iremos passar, gostaria d saber, quando fez o seu mochilão qdo mais ou menos vc gastou em torno ao todo para realiza-lo, muito obrigado desde ja.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>